beneficios da radio frequencia

OS BENEFÍCIOS DA RÁDIO FREQUÊNCIA

Provavelmente já ouviu falar de rádio frequência, um dos tratamentos estéticos mais populares dos últimos tempos. Esta tendência tem ganho cada vez mais seguidores e adeptos em todo o mundo, graças aos seus resultados rápidos e, sobretudo, duradouros. A rádio frequência é ideal para combater a flacidez, tanto na cara como em todo o corpo, assim como as rugas, linhas de expressão e a celulite e toda a gordura acumulada.

O tratamento através da rádio frequência consiste em elevar a temperatura da pele até uma temperatura de cerca de 41 graus celsius, obrigando o colagénio a contrair-se. Este processo obriga o metabolismo a aumentar a produção de mais fibras de elástica e do próprio colagénio, fazendo com que a pele se torne mais firme. Simultaneamente, este aumento de temperatura ajuda a romper possíveis células de gordura que existam, levando à sua eliminação. Os resultados começam logo a ser notados após a primeira sessão, o que é muito recompensador para quem recorre ao tratamento, até porque estes, normalmente, exigem uma grande dedicação a longo prazo. Além disso, os resultados são igualmente progressivos, ou seja, significa que quantas mais sessões efectuar, melhores e mais visíveis serão os resultados verificados.

Se nunca testou a rádio frequência e gostaria de experimentar, mas está apreensiva com o procedimento, fique a saber que este é cem por cento seguro. Apesar de trabalhar com temperaturas elevadas, a rádio frequência não comporta perigo ou danos para o paciente. Os únicos riscos que podem advir daí estão apenas relacionados com um possível mau uso do equipamento, o que é muito pouco provável. É que, apesar de elevar a temperatura da pele acima dos 40 graus celsius, os movimentos circulares do equipamento evitam qualquer tipo de sobreaquecimento e, consequentemente, de queimaduras.

No entanto, este é um tratamento estético sobretudo recomendado a adultos e jovens adultos saudáveis e com uma pele íntegra. Não é recomendado a pessoas que estejam a sofrer de febre, grávidas, utentes em processos de quimioterapia, indivíduos com qualquer doença do colagénio, por exemplo, ou todos aqueles que tenham próteses metálicas na zona a ser intervencionada ou mesmo pacemakers. A rádio frequência também não é aconselhada a quem sofra de tensão arterial ou diabetes que levem a uma hipersensibilidade da zona a ser intervencionada.

Qualquer tratamento de rádio frequência está dependente dos resultados que o paciente pretende. O ideal será consultar um profissional e, juntamente com ele, estabelecer um plano de intervenção. Se procura eliminar uvas ou linhas de expressão rosto, normalmente é recomendado cinco sessões no mínimo; se pretender antes eliminar gordura localizada, como a celulite, então poderá vir a necessitar de 7 a 10 sessões até começar a notar os efeitos.

É certo que este é um tratamento algo caro, mas não existem procedimentos estéticos que sejam propriamente baratos. A grande vantagem é que a rádio frequência apresenta mesmo resultados visíveis, de forma rápida e, mais importante ainda, duradouros. Além disso, em comparação com a cirurgia plástica por exemplo, é menos doloroso e comporta menos riscos. Portanto, se procura uma forma de combater a flacidez, as rugas e a celulite, a rádio frequência é o tratamento para si.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *